Últimos comentários

O medo faz parte da defesa, ...

23/03/2018 @ 17:24:32
por Admin


acho lindo a seus escritos , ...

01/04/2016 @ 01:33:12
por anonino


Oi Marines....Tudo bem? Vou procurar ...

21/08/2015 @ 09:11:06
por Admin


Porque fazem esse simulado sem as ...

02/08/2015 @ 14:10:30
por Marines perin


Calendário

Dezembro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
 << < > >>
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Monitoramento 24 hrs.

My Popularity (by popuri.us)

Crie seu blog Crimes na internet? Denuncie
eXTReMe Tracker

Quem está conectado?

Membro: 0
Visitante: 1

Anúncio

rss Sindicação

Escolha um tema



21 Out 2012 - 09:31:37

A desencarnação dos animais

Haverá um dia em que o homem conhecerá o íntimo dos animais.  Nesse dia então, todo crime cometido contra um animal será considerado um crime contra a humanidade.
Leonardo Da Vinci.

Livro  A Desencarnação dos animais

"Este livro é dedicado a todos os animais sofridos, humilhados e abandonados pelo homem.
Fabrício


Eu vinha de madrugada pela Lagoa, quando meu carro se desgovernou e acabou por capotar várias vezes, até bater numa árvore. Então, me vi fora do corpo.  Como era madrugada, não havia ninguém por perto, tudo estava deserto.  De repente, olhei para o lado e avistei um senhor que aparentava quase setenta anos.  Estava bem vestido, tinha um semblante sereno.  Eu não conseguia entender o que se passava comigo, pois, via meu corpo dentro do carro, entre as ferragens, e ao mesmo tempo estava ali, de pé, observando tudo, sem sentir dor alguma.  Não conseguia coordenar as ideias, até que de repente passou um carro e parou.  Depois, vieram outros,  e me senti ainda mais confuso.  Como era médico-veterinário, sabia que algo estava errado: só não atinava o quê.  Então, quando me sentei na calçada, ouvi um rapaz dizer que eu estava morto.  Fiquei apavorado e corri para explicar que ele estava enganado, pois eu estava ali, vivo.  Mas ninguém me via ou me ouvia.

Pouco depois, apareceu o carro do Corpo de Bombeiros.  Atordoado, me aproximei de meu próprio corpo e ali fiquei, o mais próximo que pude.  Um dos bombeiros chamou o colega e retirou os documentos que estavam no bolso de minha calça, o que me deu uma sensação estranha, porque, apesar de não estar sentindo nada fisicamente, via tudo aquilo sem nada poder fazer.  Era algo realmente inusitado.

Foi quando então aquele senhor aproximou-se de mim e disse, num tom paternal:
- Fabrício, não se preocupe com o que você está vendo.  Tudo vai ficar bem. Venha comigo!

Estranhei, mas, como ele conseguia me ver e ouvir, fiquei mais calmo e perguntei:

- O que está acontecendo?  Veja, estou aqui e também ali?  Eu sei que não estou morto, e no entanto meu corpo está lá, entre as ferragens.

- Fabrício, venha comigo e lhe explicarei melhor o que está acontecendo.

- Como posso ir se estou também ali? Por que dizem que estou morto, se estou aqui, vivo, falando com o senhor?
- Acalme-se e venha! Vamos para um lugar onde conseguirá entender tudo.

Eu não queria acompanhar aquele senhor, mas senti um leve torpor e não vi mais nada.


Pags. 14, 15 e 16


Aos poucos vou escrevendo partes do livro.....

A vivisecção é o pior de todos os piores crimes que o homem está cometendo atualmente contra DEus e sua bela criação.

MAHATMA GANDHI



Admin · 1986 vistos · Deixe um comentário
Categorias: Primeira categoria

Link permanente para o artigo completo

http://amor.criarumblog.com/Primeiro-blog-b1/A-desencarnacao-dos-animais-b1-p60193.htm

Comentários

Este artigo ainda não tem Comentário ...


Deixe um comentário

Estado dos novos comentários: Publicado





Sua URL será visualizada.


Entre com o código contido nas imagens


Texto do comentário

Opções
   (Salvar o nome, email e a url em cookies.)